segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Blogagem Coletiva - * Justiça para Flávia *

Flávia era uma criança normal como muitas outras crianças de sua idade, mas há 10 anos, hoje ela tem 20 anos, vive em como vigil, abre os olhos durante o dia e os fecha à noite para dormir, mas está em coma. Não interage com o meio ambiente e é dependente de todos pra tudo.Isto aconteceu porque seus cabelos ficaram presos no ralo da piscina do condomínio onde moravam, em Moema zona Sul de SP. Seu cérebro foi seriamente danificado pelo tempo que ficou embaixo dágua, presa aos cabelos pelo ralo da piscina.Nem mesmo a fisioterapia diária e o uso constante de órteses, contêm as deformidades que vão se instalando em seu corpo, por causa da hipertonia e da espasticidade. Flávia tem também, devido ao acidente, uma disfagia que é a incapacidade de engolir.
Em sua rotina Flávia faz fisioterapia, recebe estímulos visuais e auditivos, além de toda preocupação e cuidado para evitar a formação de escaras, o que ela nunca teve, sua pele é íntegra. Seus dentes também são bem cuidados, pois caso houvesse necessidade de tratamento ela teria que receber anestesia geral por não responder as ordens do dentista. Várias vezes por dia ela precisa ser aspirada pelo nariz e boca, devido à secreções que se formam no pulmão.
Durante esses todos esses anos de batalha judicial, o processo de Flavia teve dois julgamentos. Em ambos nos foram concedidas indenizações de valores irrizórios, ínfimos, podendo mesmo serem considerados aviltantes, tendo em vista as gravíssimas sequelas que este acidente - causado por negligência de terceiros - deixou em Flavia. Em novo e último recurso solicito à justiça, - agora em Brasília - indenização de valor adequado à gravidade deste acidente, para que Flavia possa ser cuidada - pelo resto de sua vida - com os recursos de que necessita para ter uma sobrevida digna. Há mais de um ano, o processo de Flavia teve autorização da justiça paulista para ser julgado em Brasília, em última instância. Há mais de três meses, essa decisão saiu publicada no Diário Oficial de São Paulo. Somente dia 14 de Julho de 2008, o processo de Flavia saiu do Tribunal de Justiça de São Paulo rumo ao Superior Tribunal de Justiça em Brasília. E lá, não se sabe por quantos anos ainda permanecerá.Aqui fica postado a minha adesão ao movimento pois como mãe,acho que é obrigação ajudar a divulgar e assim alertar outras mães.
Odele que Deus continue lhe dando forças.
JUSTIÇA PARA FLÁVIA!

3 comentários:

Mário disse...

A Flavia merece e tem direito a Justiça de verdade. Parabéns por participar desta coletiva.

http:almaspoeticas.zip.net disse...

Olá passando para ler sua adesão.
Assim conseguimos ler o que cada um postou. São diversos pensamentos em um único objetivo.
A união faz a força. Justiça! A morosidade precisa terminar. Precisamos dessa blogagem coletiva estou aqui com você vestindo a camisa.
Beijos na sua alma.
http://almaspoeticas.zip.net

Néa Souza disse...

Oi querida deppois venho ver a troca floral, com certeza deve estar linda,bjs